Colunistas ver todos
Título da matéria

As reflexões da semana 23 a 30 de agosto de 2012.

23/08/2012, às 19:40:51 - por Professor Rui - Fonte: Rui Barcellos
Fonte:

1 - Desta noticia me vieram vivências de políticas partidárias

Quando fiquei sabendo que o recurso da Frente Trabalhista de Garopaba, composta por PT, PDT e PTN havia sido aceito pelo TRE/SC e, portanto esta coligação iria disputar as eleições municipais em Garopaba fiquei contente pois tenho longa história com dois partidos da coligação. Um deles é o PDT, no qual militei por vários anos tendo inclusive sido Presidente da Zonal 114ª da Capital Gaúcha e Secretário Geral do Diretório Metropolitano de Porto Alegre, composto pelas 10 Zonais da cidade. Neste período assessorei o Deputado Carlos Araujo na época esposo da atual Presidente da Republica, Dilma Rousseff. Em 1997 quando vim morar em Garopaba procurei o PDT da cidade para transferir minha filiação e confesso que não me identifiquei ideologicamente com o que me foi apresentado, fazendo com que me filiasse ao PT, onde exerci a função de Secretário de Organização. No ano de 2004 concorri a Prefeito pelo PT junto com mais 9 candidatos a Vereador. Com a expulsão da Heloisa Helena e depois com a história do mensalão pedi minha desfiliação. Posteriormente um grupo de pessoas me convidou para fundarmos o Partido Verde de Garopaba tendo sido eleito seu Presidente e concorrido nas eleições de 2008 para vereador e obtido 256 votos. Atualmente não sou filiado a partido algum e pretendo apenas escrever no Jornal da Praia e nos Sites: www.garopabaonline.com.br e www.falagaropaba.com.br. Continuo falando e comentando sobre política, pois a tenho no meu DNA e principalmente por ter como Guru Leonel de Moura Brizola, que sintetizou numa frase que cabe ao momento que vivemos politicamente: O Brasil está como sopa na geladeira. Formou-se uma camada de gordura por cima que a torna intragável.

2 -

Destaque para estas duas expressões usadas pela ex-senadora Marina Silva em sua palestra no II Fórum Global de Sustentabilidade, no SWU.

"É muito bom poder falar com pessoas, sabendo que temos que fazer as coisas com as pessoas, e não para as pessoas."

“Existem cinco crises que precisam ser sanadas na atualidade: crise social, econômica, política, ambiental e de valores

3 -

Uma Poesia para as autoridades públicas refletirem

Lagoa das Capivaras

um saldo da natureza

que escapou

de aterros famintos

as capivaras

ha muito se foram

resta pouco

pra mostrar o muito que foi

natureza sábia

por vezes já se rebelou

cabe agora ouvir

seus silêncios

e permitir

que se mostre inteira

Autor: Ricardo Blauth

4 - Volto ao assunto por considerá-lo muito importante.

Os leitores sabem a minha opinião sobre mudanças no Plano Diretor referente ao gabarito dos prédios em Garopaba e como fiz uma matéria na ultima edição do Jornal da Praia pedindo aos candidatos a Prefeito que se manifestassem na questão do numero de pisos. Considerando que este tema foi tratado por um periódico da região que fez a seguinte pergunta ao candidato a reeleição Luiz Carlos Luiz.

Como você vê a possibilidade d0 3º piso em Garopaba?

Luiz – Inviável na atual conjuntura de Garopaba. A limitação aos dois pisos, acima de tudo, e uma marca turística da cidade e um fator que consegue manter a baixa ocupação urbana, permitindo uma melhor qualidade de vida, além de democratizar a construção civil.

Tomo a liberdade de fazer uma análise do que significa para mim esta resposta.

1 - Em que outra conjuntura seria viável? É importante o eleitor saber!

2 - Como se trata de uma marca turística de Garopaba, os futuros administradores têm a obrigação de manter esta referência, pois nossa cidade é essencialmente turística.

3 - Não devemos esquecer que a baixa ocupação urbana é fator importante para a qualidade de vida de seus moradores, e um deles é o aspecto de mobilidade urbana.

4 - Democratizar a construção civil significa gerar e garantir empregos para os moradores que atuam nesta área, pois com a construção de prédios com vários andares certamente seria necessário mão de obra de outras localidades, prejudicando os nativos.

Renovo a sugestão que os promotores de debates com os candidatos façam esta pergunta para sabermos a opinião dos mesmos, principalmente por ter sido o assunto mais polêmico no ano de 2011 em Garopaba. Os candidatos a Prefeito que quiserem se manifestar sobre o assunto nesta Coluna é só me telefonarem que estarei anotando suas colocações.

Comentários
Publicidade:
Publicidade
Imagem Daqui Solução Gráfica & Divulgação
Rua Pref. João Orestes de Araújo, 550 - Sala 04
Centro - Garopaba - Santa Catarina
Fone: (48) 3254-6860 / 9937-3057
E-mail: contato@imagemdaqui.com.br
Desenvolvido por
Mateus Fornari